Do que são feitas as redes de futebol profissionais?

Nenhuma partida é completa se, ao fundo da trave, não estiver instalada uma boa, segura e maleável rede de gol. Item essencial nos campos de futebol. Elas aparecem quando o chute a gol atinge o seu objetivo, que é balançar a malha e a torcida. Mas você sabe do que é feita uma rede de gol? Aqui vamos te explicar quais sãos os materiais utilizados nas melhores redes de futebol disponíveis no mercado.

Matéria-prima usada

Basicamente, a rede de gol utiliza dois tipos de produto:

  • polietileno (ou nylon);
  • polipropileno (ou seda sintética).

Ambos componentes são bem resistentes à força dos chutes, mas alguns diferencias na fabricação agregam mais qualidade ao produto. A seda proporciona maior maciez e flexibilidade para a rede de gol. E o que significa isso, na prática? Resulta em mais balanço e absorção do impacto causado pelo chute do artilheiro que, em alguns casos, pode ultrapassar a força de 100kg!

Mais vantagens sobre a malha de seda

Ao optar por uma rede de gol confeccionada em seda sintética, o seu cliente poderá contar com o tratamento contra raios ultravioleta (UV), feito nos fios antes deles se tornarem a malha trançada. Um produto que conta com esse diferencial na hora da produção tem a garantia de ser mais durável e resistente às intempéries. Redes de pouca durabilidade não contam com essa proteção.

Sol constante e chuva não danificarão a rede de gol com facilidade. E se a modalidade for de quadra fechada, como o futsal, a proteção contra os raios UV também é bem-vinda, já que a luz artificial pode diminuir a vida útil das redes de traves.

Cores diferenciadas

A rede de gol feita pode agradar bastante os times e esportistas que desejam ter uma malha personalizada com a cor do seu time do coração. As redes podem ser confeccionadas, inclusive, em duas ou mais cores, conforme o gosto do cliente.

Formatos tradicionais das redes de gol

As redes de futebol profissional de seda tipo colmeia podem ser produzidas em dois formatos usados nos campos brasileiros:

Rede tipo “México”: também chamada de “caixote”, esta rede é instalada ao fundo das traves de forma a ter menos folga entre os ganchos da trave. Esse diferencial dá um aspecto mais ajustado, pois na hora do gol ela balança menos com a força da bola.

Rede tipo “véu de noiva”: com uma instalação mais solta, essa rede desce na diagonal das traves de futebol e dão um efeito mais bonito e saudosista ao gol. Os torcedores gostam mais desse modelo, pois ela balança mais e transmite a emoção aos torcedores!

Aqui falamos brevemente sobre do que é feita uma rede de futebol tipo colmeia. Quer saber mais sobre o assunto? Então acesse nosso ebook e conheça as principais características de uma rede de futebol de qualidade!

Publicado dia 04/10/2018, às 15:39

Compartilhe nas redes: